A ação faz parte de um projeto de estruturação do planejamento estratégico com foco em produção de conhecimento cientifico

Incentivar o ensino e pesquisa na instituição é uma das principais missões agora para o Hospital Santa Casa, uma unidade da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba. A instituição firmou uma nova parceria neste mês, agora com o Centro de Estudos e de Pesquisas em Terapia Intensiva (Cepeti), para a produção de pesquisas clínicas na Santa Casa. O projeto busca agregar valor à sociedade através da produção de conhecimento cientifico em campo.

A unidade deve iniciar nos próximos dias duas pesquisas com medicamentos que ainda não estão no mercado. Além disso, o Hospital e o Cepeti também possuem planos para trabalhar um outro ensaio, dessa vez avaliando um novo antibiótico para pacientes com pneumonia hospitalar.

Para o Dr. Álvaro Réa-Neto, responsável pelas UTI’s da Santa Casa e pesquisador responsável pelo Cepeti, essa parceria é essencial para a pesquisa científica na região e só tem a agregar ao hospital. “A Santa Casa está passando por um período de rápida transformação com melhora nítida de qualidade no atendimento e desenvolver pesquisa clínica de alta qualidade agrega valor e aprendizado a todos”, diz. O Cepeti realiza pesquisas clínicas há mais de 25 anos em pacientes críticos internados em UTI.

A importância das pesquisas clínicas feitas é promover o desenvolvimento científico. O Dr. Danilo Pompermayer, coordenador das UTIs da Santa Casa, ressalta os benefícios para o hospital e sociedade. “O objetivo é trazer mais saúde para a sociedade. Esses estudos trazem novos resultados que são um norte para os médicos no que diz respeito aos tratamentos, trazendo inúmeros benefícios para os nossos pacientes”, explica. Assim, a Santa Casa sempre se atualiza dos novos estudos preservando a qualidade e tradição do atendimento.

Em outubro do ano passado o hospital já participou de uma pesquisa clínica para a análise de medicações terapêuticas em pacientes com Covid-19, com o Cepeti. O ensaio avaliou os efeitos da Cloroquina/hidroxicloroquina e foi publicada na Scientific Reports, uma publicação de prestígio internacional e que faz parte do grupo Nature Research. A pesquisa ocorreu com pacientes de outros seis hospitais de Curitiba.

Fonte: https://santacasacuritiba.com.br/